Projeto Força Amor

Força AMOR na Educação Básica

O pilar central deste projeto é a Teoria das Virtudes e 24 Forças Pessoais de Caráter que impulsionam o progresso individual e coletivo da humanidade.

Pedagogos e cientistas de renome têm ressaltado a importância da afetividade, acolhimento e relações interpessoais na educação. Mas, em geral, as relações pessoais têm ficado em planos secundários. O Projeto “Força AMOR na educação básica” propõe inverter as prioridades, colocando a Força AMOR em primeiro plano.

A Força AMOR é diferente da emoção amor. A Força AMOR, que é amar e ser amado, impulsiona conexões positivas momentâneas entre as pessoas. E, a prática destas conexões, cria um ambiente favorável para que professores, gestores, funcionários, alunos e familiares somem suas forças para impactar a aprendizagem de cada aluno, um a um, sem exceção.

Este projeto propõe-se a implementar e avaliar os impactos da Força AMOR no processo de aprendizagem na maioria das salas de aula e escolas da DE SUL2 entre 2021 a 2025.

O Projeto Força AMOR na educação básica valoriza a autonomia e individualidade de cada professor e escola e, por isso propõe as trilhas

Força AMOR na SALA DE AULA e

Força AMOR na ESCOLA INTEIRA

que se unam ao longo do tempo de forma orgânica e natural. 

1. Força AMOR na SALA DE AULA

O objetivo desta trilha é, através da expansão das conexões positivas professor aluno, promover maior engajamento e desempenho acadêmico dos alunos assim como o bem estar do professor.

Isto é viabilizado quando o professor transfere o olhar da parte “visível do iceberg”, muitas vezes cheio de rótulos, para a(s) força(s)s invisíveis abaixo da superfície.

Em geral os rótulos são o resultado do uso excessivo e descontrolado da(s) Força(s).

Conhecer estas forças (in)visíveis viabiliza mudar o olhar e criar Conexões Positivas com o proprietário delas. Dois cursos com mentoria promovem este conhecimento e prática

1.1 - Curso “24 Forças na escola e na vida

1.2 - Curso “Praticando Conexões Positivas na sala de aula

As inscrições para os cursos são feitas por adesão e não é necessário comprometer-se com ambos. Entretanto, para fazer o curso “Praticando Conexões Positivas na sala de aula” é pré-requisito ter feito o curso “24 Forças na escola e na vida”.

2. Força AMOR na ESCOLA INTEIRA

Além da Teoria das 24 Forças esta trilha emprega a Teoria da Aprendizagem Social ou Teoria Cognitiva Social que ressalta a importância do coletivo na aprendizagem.

O objetivo é o de impactar a aprendizagem de cada aluno, independentemente do seu status socio econômico ou formatação familiar. Estudos mostram que isto é possível através da crença coletiva dos professores daquela escola de que são capazes de moldar o futuro e obter estes resultados. Isto recebeu o nome de Eficácia Coletiva dos professores, parte da Teoria Cognitiva Social. Estudos com milhares de alunos mostram que, o tamanho de efeito da eficácia coletiva (d de Cohen=1,57) suplanta efeitos como status socioeconômico e/ou estrutura familiar (d de Cohen = 0,52) por ser 3 vezes maiorque os últimos.

Para apoiar a trilha Força AMOR na ESCOLA INTEIRA o Projeto se propõe a disponibilizar:

2.1 Cursos para professores, gestores e funcionários.
2.1.1 – Curso “24 Forças na escola e na vida” para todos(idem 1.1).
2.1.2 - Curso “Praticando conexões positivas na sala de aula” para professores (1.2).

2.2 Sequências didáticas do curso PV Forças (Projeto de Vida Forças) para alunos em plataforma digital colaborativa para Fund I, Fund II e Ensino Médio.

Projeto de Vida FORÇAS, ou PV FORÇAS, que prepare o aluno para o que der e vier. É um projeto de vida para um mundo VUCA (Volatility, Uncertainty, Complexity, Ambiguity) volátil, incerto, complexo e ambíguo. É fortalecer as Forças Pessoais que cada já tem e, a partir do seu perfil individual natural, estar preparado para agir da forma mais conveniente em qualquer ambiente ou situação.

PV FORÇAS pretende ser um curso prático e interativo com sequências didáticas hospedadas numa plataforma colaborativa que permite aos professores adaptarem e enriquecerem o mesmo para cada sala de aula.

Será oferecido em níveis de aprofundamento crescentes para o ensino fundamental e médio, com uma aula por semana. No Fundamental II e Ensino médio ocuparia uma das duas aulas de Projeto de Vida.

Apesar de contar apenas uma aula por semana, o curso poderá ser eficaz por conectar o aluno com o Projeto Força AMOR na Educação Básica da escola e também na família.

A partir da Força AMOR e conexões positivas, as sequências didáticas buscam capacitar cada professor e aluno a conhecer-amar-fortalecer as forças que cada um valoriza mais.

2.3 Tecnologia colaborativa de individualização do aluno e interação com a família.

Cada aluno é um indivíduo complexo e único. A mesma plataforma que hospeda as sequências didáticas permite ao professor, através de um painel do aluno, inserir e compartilhar com outros professores, aluno e seus familiares comentários sobre a evolução acadêmica e de Forças de cada aluno.

Este compartilhamento continuado permite aos professores traçarem estratégias de criação de conexões positivas com cada aluno, mesmo os mais desafiadores.

2.4 Facilitador de Conexões Positivas para o fortalecimento do Grêmio.

Um grêmio atuante e alinhado com o diretor da escola pode (1) contribuir para a disseminação das conexões positivas dentro e fora dela, (2) fomentar e acompanhar a participação de ex-alunos, (3) estruturar a interação com a comunidade, igrejas, comércio, equipamentos de saúde e assistência social, além de outras ações.